AS CORES DE PARAJANOV : mostra internacional de cinema

PARAJANOV está na MOSTRA!

Mestre inpirador.

Sergei Parajanov e A cor da romã (SAYAT NOVA, 1968). Filme poesia sobre o trovador armenio do séc XVI Sayat Nova.

Em 1973, Parajanov sofreu a opressão de Stalin. Passou quatro anos nos campos de concentração da Sibéria por causa de seus filmes e sua opção sexual.

Ser delicado, ficou proibido de fazer filmes ao sair da prisão , usando sua energia para as artes plásticas, cria uma coleção enorme de desenhos e colagens exibidas até hoje pelo mundo inteiro.

Em 1986, consegue fazer um filme: Ashug-Karibi . Seu ultimo trabalho.


Quatro anos depois morre em consequência da saúde frágil devido aos anos de prisão.

VIVA PARAJANOV!

One response to AS CORES DE PARAJANOV : mostra internacional de cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *