AS CORES DE FULLER

Van Gogh foi uma grande inspiração para mim, um cara em que a vida era trabalho e trabalho era vida . Eu gostaria de ser como ele, exceto que eu não gostaria de ficar louco e cortar fora minha orelha– Samuel Fuller

Melhor do que eu escrever sobre o genio, prefiro colocar o que outros já disseram sobre ele.

-Fuller foi quem me mostrou como desmontar o cinema tradicional através da montagem.- Rogério Sganzerla
-Quase cada plano te atinge como um soco-Martin Scorsese.
-Cinema de imoralidade brutal- Glauber Rocha
-O cineasta mais selvagem da historia do cinema – Quentin Tarantino.

Shock Corridor (Samuel Fuller, 1963)

E para terminar, o próprio Fuller comentando o que é cinema no filme e nas cores de Godard- Pierrot Le Fou (1965)

“Filme é um campo de batalha. Amor, ódio, violência. ação, morte…Em uma palavra, emoção.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *